Há 365 dias, um fato pinçou Juiz de Fora de seu cotidiano e colocou a cidade nas manchetes de jornais de todo o mundo. Um ato de violência urbana e insanidade em um município que, conforme levantamentos da Tribuna, registrou 90 mortes violentas em 2018. Mas aquele foi um fato distinto. Não só pela celeridade no atendimento, que foi capaz de salvar uma vida humana, e também por se tratar de um atentado contra a democracia

Deixe seu Comentário